segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Uma tribo quase destruída!

   A história ''Apenas um curumim", de Werner Zotz, fala sobre uma tribo de índios e o impacto da chegada do caraíba(nome dado pelos índios aos portugueses). Esse impacto leva a uma série de mudanças, como na cultura e na religião, e muitos índios dessa tribo foram enganados e mortos. Sobraram apenas o velho pajé(Tãmai) e o pequeno índio(Jari).Como todas as histórias indígenas, traz uma mensagem muito importante, além de ser muito poética.
   O autor Werner Zotz integra os maiores nomes da literatura infanto-juvenil brasileira desde os anos 70.Seus livros já venderam mais de 1 milhão de exemplares.Em 1985, foi premiado com o Mirlos Blancos por Melhor Publicação Internacional, na Itália.
   Por um lado eu gostei do livro, por causa que ele nos deixa refletir sobre o assunto, porém pelo outro lado, a história é muito triste, principalmente no final quando o velho pajé morre no ubá(canoa), eu sei que isso é real, mas não gosto desse tipo de história. Também acho que as imagens deveriam ser mais nítidas, e a fala de Tãmai e de Jari não estavam bem expressados, você não sabe se é Jari que está falando ou se é Tãmai.

3 comentários:

  1. Deve ser bom. Acho que gosto de ler histórias tristes. Nos transmite uma energia, que, de aguma forma, nos faz pensar o que faríamos naquela situação. Pelo menos comigo. Assim como romances, eu meio que... me sinto dentro da história e acabo ficando com alguns trechos na minha cabeça...

    ResponderExcluir
  2. Que história triste :( Não tenho coragem nem vontade de ler, mas ele deve ser bom

    ResponderExcluir