sábado, 19 de novembro de 2011

Infância: será que está igual?

Ana Rebeca, nasceu em 1976, e tem dois filhos: Letícia e Leonardo. Ela faz algumas comparaçoes em relação à infância dos seus filhos e à sua nessa entrevista. “Na minha época, éramos crianças bem mais crianças, ou seja, mais ingênuas, vivendo realmente o mundo de sonhos, pois não estávamos preocupados com moda,tendências grifes e estética. Tiínhamos mais liberdade de brincar na rua”,comentou ela.
Tudo mudou há algumas décadas, as professoras eram mais rígidas, não havia computadores para se divertir e nem redes sociais . Antes as crianças não se preucupavam muito com as responsabilidades e cobranças, que não eram muitas  comparando com a maioria das crianças de hoje. Algumas diversores também sumiram da infância de Rebeca como a maioria dos progamas infantis de antigamente e os brinquedos mais simples. Hoje, a entrevistada irá falar sobre a infância na época que ela era criança.
Confira abaixo essa entrevista:

     1.Como você se divertia na sua infância?
Eu morava numa casa, então brincava muito no quintal, subindo em àrvores, andava de bicicleta e brincava de esconde-esconde com meus irmãos. Eu também adorava brincar na rua de barra-bandeira, queimado e pula-corda.
2.Que tipo de progama você gostava de assistir na televisão quando você era criança?
Eu assistia balão mágico, sítio de pica-pau amarelo e  o Xou da Xuxa.
3.O que você acha de ser criança?
É a melhor fase da vida de um ser humano, pois não há  grandes  responsabilidades e a imaginação e os sonhos não tem limites.
4.Comparando a sua infância com a dos seus filhos, quais são as principais diferenças?
Na minha época, éramos crianças bem mais crianças, ou seja, mais ingênuas, vivendo realmente o mundo de sonhos, pois não estavamos preucupados com moda, tendências,grifes e estética. Tínhamos mais liberdade de brincar na rua.Hoje,infelizmente com o mundo mais violento, meus filhos vivem em condomínio fechado com câmeras, seguranca  e  com uma cobrança de responsabilidades bem maior (inglês, esportes, tarefas escolares maiores e mais complexas). Além do que essa geração usa bastante a tecnologia em  suas diversões.
5.Como foi sua época escolar? Algum professor ou professora marcou a sua infância?
Entrei na escola com 4 anos de idade e as professoras tinham uma metodologia muito rígida, com gritos, repreensões e castigos. Não sabíamos o porquê das coisas, apenas decoravamos tudo o que era  ensinado.
Tive nessa época ,duas professoras em especial que marcaram a minha vida escolar. A primeira foi Lourdes, na quarta série. Sua rigidez me impressionava, pois havia um  ritual de cantar todos os hinos, músicas escolares e rezar como fosse um robô, bem parados, só podia articular a boca. E em sala de aula ,tinha uma metodologia de aterrorizar os alunos com seus ditados surpresa e a tabuada tinha que ser dita rápida e precisamente . Já a outra  professora que me recordo  é o oposto da primeira ,ela se clamava  Betânia, , era muito meiga, gostava de fazer elogios e sempre dizia que eramos capaz de fazer tudo,bastava acreditar .Também  dava muito ênfase aos princípios éticos nas nossas condutas..
6.“A criança é o ser humano na fase da infância, com menos responsabilidades e seriedade. E , na opinião da maioria, a melhor fase da vida, com liberdade e com grandes sonhos.” Você concorda com esse verbete de criança?
Sim, porque todas as minhas respostas foram baseados nesse principio. Independentemente da época, a criança é um ser ingenuo, cheio de sonhos e  grandes perspectivas de futuro melhor .



Entrevistado por: Letícia Portela Chiu

7 comentários:

  1. A gente sempre tem um professor que marca na época do ensino fundamental... E o curioso é que é sempre um "ditador" e um "legal". Lembro que no meu caso, as "ditadoras" eram as professoras de História e Português; já os legais eram os de Ciências e Matemática (o que é quase impossível de encontrar!)

    Parabéns pela entrevista, Letícia! =D

    ResponderExcluir
  2. Denys Souza Pereira22 de novembro de 2011 17:43

    Gostei de um assunto levantado nesta entrevista: o comportamento dos professores na educação infantil. Professores da area do fundamental geralmente deixam algum tipo de marca em alguns alunos. Lembro-me que preferia ficar quieto, ou me fazer de santinho, para que a culpa caisse para os meus 'amiguinhos', e além disso em alguns casos até chorava, onde a culpa acabava indo para eles, rsrsrs, era bons tempos.

    ResponderExcluir
  3. Ta legal, mas só uma correção:
    Show!!!!

    ResponderExcluir
  4. Valeu, Gabriel. Esse tema da educação infantil é bem interresante mesmo, sempre a gente leva alguma lembrança

    ResponderExcluir
  5. Sheyla, acho que depende, na maioria das vezes, se a pessoa gosta da matéria...
    Se você gosta, acha o seu professor legal. Na maioria das vezes é assim. rsrsr

    ResponderExcluir
  6. Letícia, ficou muito legal a entrevista. Parabéns!

    ResponderExcluir