sábado, 26 de novembro de 2011

Em uma noite de julho...

Sou Sheyla Souza, e na noite do dia 27 de julho de 1989, no Hospital Recife (que não existe mais), minha mãe me trouxe ao mundo. Comecei a estudar com 3 anos e 6 meses, na Escola Menino Jesus, que fica bem pertinho da minha casa. Estudei lá até a 4ª série e na metade de do ano de 1999 passei a estudar na Escola Estadual Costa Azevedo.

Em 2000, agora cursando a 5ª série do ensino fundamental, conheci minhas melhores amigas: Elba e Ida, com as quais até a 8ª série fiz muitos trabalhos e passei por momentos inesquecíveis.
Em 2004, passei a estudar na Escola Clóvis Beviláqua. Os três anos que passei lá foram muito bons, pois sempre me destaquei como a melhor aluna da sala e algumas vezes da escola; participei das apresentações culturais como festivais de dança, peças teatrais, quadrilha junina, gincanas... Lembro que durante o meu ensino médio minha mãe vivia brigando comigo, pois sempre que tinha algum tipo de atividade diferente eu “tava dentro”! Ela dizia que eu deveria focar nos estudos, só que eu nunca deixei de estudar por causa das apresentações.

No final de 2006, chegou o tão esperado momento de fazer o vestibular. Muitas pessoas ficam em dúvida em relação ao curso que vão escolher, mas eu não tive esse problema. Desde pequena eu brincava de ser professora de português, com direito a quadro branco e tudo! E quando chegou a hora de fazer a inscrição eu tive a certeza de que era isso que queria para minha vida. Prestei vestibular na UFPE para Letras e na UPE para Administração, mas não passei em nenhum dos dois. Ao saber que não tinha passado, prometi para mim mesma que iria me dedicar aos estudos e que na próxima tentativa, passaria.

Dito e feito. Em 2007, fiz um curso pré-vestibular no Colégio Especial. Passei todo o ano estudando, mas também não esqueci a diversão (se ficasse só estudando, terminaria louca com a pressão do vestibular). Assim que chegou a hora da prova, sabia que estava pronta. Fiz vestibular para Letras na UFPE e na UPE, passando nas duas universidades. Escolhi estudar na UFPE, e, desde então, estudo e me preparo para ser professora de português e espanhol.
Sempre fui uma menina meio tímida para fazer amizades, mas à medida que passo a conhecer as pessoas vou deixando a timidez de lado e “quebrando” a imagem de “chata” que a maioria das pessoas tem de mim. Sou completamente louca pelo Sport Clube do Recife, adoro ler todo e qualquer tipo de livros, amo dançar e não vivo sem a companhia dos meus amigos e da minha família.

Agora, no final de 2011, estou concluindo o curso de Letras e entrarei em uma nova etapa da minha vida: o exercício efetivo da carreira docente. Espero que dê tudo certo!

13 comentários:

  1. Turma,


    ler a autobiografia de uma pessoa conhecida faz a gente olhar com outros olhos para ela. Agora fiquei conhecendo um pouco mais da Sheyla, minha colega de curso, e entendendo algumas atitudes dela.

    Falem para a Mirella escrever também!


    Grande abraço,
    Severino.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, tem autobiografia melhor?!
    Tenho duas primas que também estudaram na escola Menino Jesus (:
    Você é uma ótima professora. Detalhe: nunca gostei muito das minhas professoras de português,kkk. Mas gosto de você. Tenho certeza que seus alunos vão te adorar também =D
    E... passou logo nas duas universidades?! Parabéns ( só um pouco atrasado, sabe...) Quero fazer um pedido... posso, né?
    Quero que mesmo depois que seu estágio acabar com o 6ºA , continue nos visitando, tenho certeza que sentiremos muito a sua falta.
    Mirella, posta a sua autobiografia também? Tenho um desafio: tem que ficar melhor do que a de Sheyla ( kkk,brinks )

    Beijos, Jessica.

    ResponderExcluir
  3. Own, Jéssica! Obrigada!
    Não pude deixar de ficar emocionada quando li! Fico feliz em saber que contribui para que você gostasse mais dos professores de português... rsrsrs
    Pode deixar que eu não vou mais largar o "pé" de vocês, seja no CAp ou aqui no blog. Dar aulas para vocês foi uma experiência muito marcante e muito boa, que ficará para sempre na memória e provavelmente entrará na próxima autobiografia que escrever... rsrsrs
    Ah, também sentirei muita falta do 6º ano A...

    ResponderExcluir
  4. Professora eu adorei, so tem um problema:

    SPORT!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua autobiografia... e só pra constar: sport para sempreeee!!!! ( essa foi pra gabriel )

    ResponderExcluir
  6. Kkkkkkkk, SPORT, muito bem, Sheyla. Fala com Mirella pra ela postar a dela!

    ResponderExcluir
  7. é, boa idéia jéssica...................................... claro, a parte de MIrela(Sport nunca)

    ResponderExcluir
  8. Sheyla, é tão difícil descrever uma vida em poucos parágrafos, né? Mas você e todos aqui conseguiram fazer isso muito bem, mostrando quando e como aconteceram as coisas que marcaram a vida de cada um, e fazendo-nos conhecer e entender um poco mais sobre as pessoas que estão por trás dos rótulos de 'professor' e 'aluno'.
    Quando nós planejamos essa atividade, não imaginávamos que o resultado seria tão bom e que gerasse uma troca de experiências tão rica! Parabéns a todos pelos ótimos textos!

    ResponderExcluir
  9. PS: Ai ai... preciso mesmo postar a minha autobiografia aqui?

    ResponderExcluir
  10. Sheylaaaaaa, a gente te AMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA s2

    ResponderExcluir
  11. Que lindo!!! ^^
    A gente tbm ama vcs! A despedida vai ser difícil na terça-feira...

    ResponderExcluir